Foi daqui que os Portugueses partiram ao encontro de outros povos e culturas no século XV… e é no Algarve que recebemos grande parte dos que nos visitam sempre com boa disposição. Até no clima, ameno e com muito sol ao longo de todo o ano!

E também com praias de excelente qualidade. Areais a perder de vista, limitados por falésias douradas, ilhas quase desertas que marcam a fronteira entre a Ria Formosa e o mar, ou baías pequenas, aconchegadas pelas rochas. O oceano em todos os tons de azul, quase sempre calmo e cálido, convida a banhos prolongados e à prática de desportos náuticos.

Ria Formosa
Photo: Ria Formosa © Quinta do Lago

Há ainda a serra. Onde as pessoas vivem em harmonia com a Natureza e mantêm tradições que gostam de partilhar. E as cidades. Silves conserva vestígios do passado árabe e Lagos da época dos Descobrimentos. Mais cosmopolitas, Portimão Albufeira vivem dia e noite cheias de animação. Faro é a porta de entrada da região e Tavira uma montra da arquitetura tradicional.

Igreja Matriz de Silves
Photo: Igreja Matriz de São Bartolomeu de Messines © Turismo do Algarve

Para relaxar, muitos campos de golfe premiados internacionalmente. Ou vários tipos de tratamentos nos spas e centros de talassoterapia e nas Termas de Monchique. E hotéis, aldeamentos, resorts, dos mais simples aos mais sofisticados. Uma panóplia variada que tem em comum um gosto genuíno de bem receber.

Golfe
Photo: Vila Sol Golfe, Algarve © Vila Sol Golfe

Trilhos para seguir a pé ou de bicicleta dão a conhecer a região, como a Via Algarviana pelo interior ou a Rota Vicentina por um dos trechos de costa mais bem preservados da Europa. E os passeios de barco são outra forma ecológica de observar a fauna e a flora.

Rota Vicentina
Photo: Rota Vicentina

À mesa destacam-se peixes frescos e mariscos, grelhados ou em cataplanas. E os doces de amêndoa e figo… ou o licor de amêndoa amarga e a aguardente de medronho. São como que um pouco do sol do Algarve que podemos trazer connosco.

 

Praias do Algarve

 

Dos longos areais protegidos por falésias douradas às pequenas baías aninhadas entre rochedos, o Algarve tem praias para todos os gostos. Em comum oferecem a certeza de umas férias perfeitas ao sol.

Praia da Falésia Foto: Turismo do Algarve

 

 

 

 

 

 

 

E quais são os ingredientes desta oferta? O clima ameno, que conta com a presença do sol cerca de 300 dias por ano. O mar de águas límpidas, quase sempre tépidas e tranquilas. E as areias, finas e brancas, um convite irrecusável à descontração, num gesto tão simples como estender a toalha ao sol para ganhar um bronzeado invejável, ou brincar a construir castelos à beira-mar na companhia dos mais pequenos.

Da costa sudoeste perto de Aljezur até ao extremo leste junto a Vila Real de Santo António são cerca de 200 quilómetros de praias muito diversas entre si. A maior parte tem boas condições de segurança e qualidade reconhecida pela bandeira azul da Europa, com equipamentos que garantem o desporto e a diversão. Muitos são areais de grande beleza que oferecem cenários idílicos para momentos românticos, e outros ficam perto de locais de animação noturna, procurados por aqueles que não dispensam música e dança nas férias. Mas também há praias quase desertas, em que a natureza se preserva num estado praticamente selvagem.

Há um grande número de praias acessíveis a pessoas com dificuldades de locomoção e muitas têm mesmo equipamentos que permitem que todos usufruam dos banhos de mar. E também há praias reservadas aos naturistas, e outras que por serem pouco frequentadas têm áreas em que essa prática é tolerada.

As praias mais inexploradas estão na Costa Vicentina, em contraste com a zona central, entre Lagos e Faro, onde se encontram areais cosmopolitas, consequência da maior densidade de oferta hoteleira, que inclui muitos resorts de alta qualidade. O Parque Natural da Ria Formosa é uma reserva de sossego, uma área de águas plácidas recortadas por ilhas, canais e lagoas, que marca a transição para leste, onde os mares são mais quentes e suaves e os areais muito extensos.

Quase todas as praias possuem restaurantes e bares para descansar e tomar um refresco quando o sol está a pique, saborear o peixe fresquíssimo da região ou ficar a apreciar o entardecer, com o sol a esconder-se nas águas do mar. O remate perfeito para um dia bem-passado.

– As praias do Algarve são na sua maioria vigiadas e possuem bandeiras com indicação do estado do mar (verde, amarela e vermelha) e da qualidade da água e das areias (Bandeira azul).

– Grande parte possui concessionários que disponibilizam o aluguer de toldos, esteiras ou cadeiras bem como equipamento para praticar desportos de mar e ar, bem como esplanadas onde se pode saborear uma bebida ou até uma refeição.

– Existem também praias identificadas com o galardão de “Praia acessível” com acessos para pessoas com mobilidade reduzida, estando muitas delas dotadas de equipamentos que permitem que todos desfrutem dos banhos de mar.

Para mais informações:
– www.visitalgarve.pt
– www.abae.pt Bandeira azul

Aeroporto internacional do Algarve (Faro):

http://www.ana.pt/pt-PT/Aeroportos/Algarve/Faro/Paginas/HomeFaro.aspx

Estrada:
– A 22 – Via do Infante e EN 125 – Estrada Nacional atravessam a região de oeste a leste
– EN 268 – Estrada Nacional liga Aljezur a Sagres
– A2 – Autoestrada do Sul – acesso p/ quem vem de norte