';

Information

Entre as curvas pitorescas do Atlântico e os encantos históricos que se desdobram ao longo de suas cidades e vilas, Portugal destaca-se como um destino de turismo de excelência. O país, profundamente enraizado numa herança rica e impulsionado por uma hospitalidade calorosa, oferece uma experiência turística que vai além das expectativas, conquistando os visitantes com um toque de elegância e autenticidade.

Percursos Pedestres

O PNRVT implementou uma Rede de Percursos Pedestres de Pequenas Rotas (PR) com caraterísticas muito próprias, “desenhadas” de forma circular, em função da paisagem, do valor patrimonial e cultural, mas também da riqueza e diversidade biológica, passando algumas por áreas de grande interesse ou raridade – Microrreservas.

Astroturismo

O Parque Natural Regional do Vale do Tua – PNRVT constitui uma área de notável de riqueza geomorfológica, paisagística e ambiental destacando-se o seu baixo índice de poluição luminosa e uma evidente qualidade do céu para observação astronómica

Birdwatching

O Projeto “Percursos de Birdwatching no Vale do Tua” que assenta na criação de um novo produto turístico relevante e diferenciador à escala regional, focado na observação de aves (Birdwatching), uma vez que, pelas suas caraterísticas geográficas, o PNRVT é das zonas de maior interesse ornitológico de todo o interior da Região Norte, tendo potencial para se tornar uma referência nesta atividade a nível nacional.

Parque Natural Regional do Vale do Tua

A área do Parque Natural Regional do Vale do Tua ( PNRVT ) é de aproximadamente 25 mil ha., situado no Baixo Tua, entre os distritos de Vila Real e Bragança, e integra os municípios de Alijó, Murça (margem direita do rio Tua), Vila Flor, Carrazeda de Ansiães (margem esquerda do rio Tua) e Mirandela.

Na envolvência do PNRVT subsiste um conjunto de áreas protegidas, designadamente o Parque Natural do Douro Internacional, o Parque Natural do Alvão, o Parque Natural do Montesinho e a Paisagem Protegida da Albufeira do Azibo.

O PNRVT tem uma particularidade importante: agrega 5 concelhos de culturas e tradições identitárias, que faz com que exista uma grande diversidade de escolha, por parte de quem o visita, ao nível da gastronomia, vinhos e artesanato, geologia e hidrogeologia, microrreservas, e flora e agrossistemas.

A paisagem é diversificada e marcada por serras, planaltos e vales encaixados, nomeadamente os dos rios Douro, Tua e Tinhela. A causa principal desta diversidade reside na variedade de litologias e estruturas geológicas que constituem a base destes relevos. A geomorfologia da região envolvente é bastante variada, fruto de características estruturais e litológicas específicas, e inclui vales profundos e vertentes declivosas, principalmente nos troços finais dos rios Tua e Tinhela, bem como afloramentos rochosos imponentes (cristas quartzíticas) e zonas de planalto, com relevo pouco acentuado.

A área é caracterizada por uma diversidade climática que se traduz na paisagem vegetal, que apresenta como vegetação natural potencial mais característica, bosques de sobreiro – Quercus suber (com presença variável de azinheira e zimbro), nas áreas mais quentes e secas do vale, e bosques de carvalho-negral – Quercus pyrenaica, nas áreas mais frias e chuvosas do planalto e das principais serras.

A flora da região é bastante variada, estimando -se que possam ocorrer na área de estudo cerca de 700 espécies de flora vascular e cerca de 400 espécies de flora criptogâmica (briófitos e líquenes).

A fauna da região envolvente do Vale do Tua é numerosa e diversificada, tendo sido até ao momento identificadas 943 espécies, sendo 744 de invertebrados terrestres, 15 de peixes, 12 de anfíbios, 20 de répteis, 123 de aves e 29 de mamíferos, das quais 14 são quirópteros (i.e., morcegos). A este total há ainda a juntar um número indeterminado de espécies de invertebrados aquáticos, agrupados em 72 famílias.

Em termos de património cultural, para além da inclusão parcial no Alto Douro Vinhateiro — Património da Humanidade, a área do PNRVT possui um vasto conjunto de valores patrimoniais arquitetónicos, arqueológicos e etnográficos. Importa destacar a atividade termal, a partir das nascentes das Caldas de Carlão/Santa Maria Madalena e da fonte termal das Caldas de São Lourenço, bem como um conjunto importante de quintas vocacionadas para a cultura da vinha, com potencialidades para o enoturismo, que têm vindo a desempenhar um papel cada vez mais relevante no desenvolvimento económico da região.

Esta diversidade de valores naturais e patrimoniais presentes no PNRVT devem ser mantidos, valorizados e dados a conhecer, pelo que reúnem as condições necessárias para prosperar e acima de tudo para proporcionar à população residente momentos únicos e inesquecíveis.