Outras Experiências no Douro

with Sem comentários

Viajar pelo Douro é sempre uma experiência fantástica. As paisagens, as suas gentes, a sua Gastronomia, o sabor do seu excelente Vinho. Aqui, tudo é autêntico, tudo é genuíno, tudo vale a pena.

Oporto & Douro Moments Reconhecida com o prémio Best of Wine Tourism 2016, na categoria de “Serviços de Enoturismo”, a Oporto & Douro Moments propõe que aproveite o máximo da sua estadia no Douro e conheça, de forma descontraída e personalizada, as Tradições, o Património, a Cultura e as gentes, através de experiências únicas. Sempre com o acompanhamento de[…]
Live Douro
A Live Douro propõe programas à medida das suas preferências, com saída do Pinhão. Experimente um passeio de iate, lancha ou mota de água no rio Douro, com serviço de tapas regionais, provas de vinho…
Pipadouro Para si, que gosta de turismo fluvial de luxo, propomos um passeio a bordo de um dos barcos vintage da Pipadouro. Deixe-se envolver pelo charme das décadas de 50 e 60 e embarque em momentos de pura elegância em sintonia com a sedutora beleza do Douro. Prefere um requintado almoço[…]

 

 

Quinta Nova Na Quinta Nova Winery House, todos os espaços podem ser o local de degustação de um bom vinho ou do melhor da gastronomia regional. Passeie através dos jardins, a piscina ou a esplanada do Wine Bar, o jardim de inverno, a sala de crianças e os locais históricos da propriedade.

 

 

Quinta do Panascal Se prefere deambular pela quinta ao seu ritmo, contactar com a vinha de perto e admirar o cenário paradisíaco sem pressas, a Quinta do Panascal será talvez a melhor opção, através do sistema áudio-tour, que inclui ainda a entrada nos seculares lagares da quinta.

 

 

Neste restaurante típico, a gastronomia regional está bem presente e recheada de sabor. O espaço é castiço e tem um cariz marcadamente familiar, comprovado pela simpatia e simplicidade do atendimento. Não deixe de experimentar o joelho de porca assado no forno com vinho do Porto.

 

 

Naturwaterpark O Parque de Diversões do Douro é um lugar recheado de atividades ao ar livre para adultos e crianças. No parque aquático, deixe-se ir na onda das brincadeiras na água e deslize em grande estilo para as piscinas.

 

 

Vai uma aventura? Se gosta de envolver-se com a Natureza num passeio de bicicleta, fazer canoagem, passear em todo o terreno ou então desafiar os seus limites numa atividade radical, como descer quedas de rio, o Douro tem tudo isso para lhe oferecer.

 

 

Douro à Vela

Navegar o Douro é uma conversa a dois. Venha escutar as histórias sem fim que este rio tem para lhe contar e descubra a intimidade entre a paisagem sublime e o espelho que desde sempre a contempla.

 

 

6 razões para visitar o Douro

with Sem comentários

Vale do Douro

Créditos – Douro – Rui Videira

6 razões para visitar a região do Douro

Rio. Paisagem. Vinhos. Gastronomia. Porto. Cultura e Lazer.
Estas são as razões para fazer as malas e viajar para o Douro, Património Mundial.  À sua espera tem um Solar belíssimo à sua espera para uns dias de férias.
Venha visitar este magnífico destino de férias no Norte de Portugal.

Créditos – Rui Videira

Rio Douro

O Douro continua a surpreender a quem o contempla. Mediante a estação do ano, as suas variadas cores alteram a paisagem, transformando o rio, de cada vez que olhamos para ele.

A melhor maneira de compreender o rio é navegá-lo!

São muitas as opções. Difícil é escolher entre as várias possibilidades de passeios: desde um barco à vela, ou comboio ou simplesmente uma viagem no seu próprio carro.

Paisagem

Sugerimos um passeio com guia privativo que lhe permite a observação das maravilhosas encostas do Douro, com cenários de cortar a respiração.
Se preferir uma abordagem mais próxima ao rio, porque não um passeio em comboio histórico? Do Pinhão ao Tua, muitas são as oportunidades de captar imagens deslumbrantes, numa viagem única ao passado.

 

Créditos – Ferreira Cellars

Vinhos

Considerada a região demarcada mais antiga do mundo, a região do Douro tornou-se famosa graças à produção de um vinho fortificado de características únicas – o Vinho do Porto. A partir de 1756, altura em que a região do Douro começou a produzir vinhos de elevada qualidade, a paisagem foi transformada num belo vale esculpido em socalcos que actualmente merece a classificação de Património da Humanidade pela UNESCO.

Com o decorrer dos anos, o terreno acidentado e os montes escarpados que outrora pareciam de cultivo impossível foram modelados pela mão humana numa impressionante escadaria coberta de vinhedos. São estes socalcos que fazem do Douro uma região tão especial e estão na origem do seu reconhecimento como Património Mundial.

O rio Douro e os afluentes que serpenteiam pela região, bem como as serras do Marão e de Montemuro, que a protegem dos ventos, criam as condições ideais para a produção de uvas suculentas.

A abundância de castas no Douro é notável, e algumas das videiras mais antigas permitem produzir vinhos com uma estrutura e complexidade únicas. As principais castas usadas na região do Douro incluem a Touriga Franca, a Touriga Nacional, a Tinta Barroca, a Tinto Cão e a Tinta Roriz. Além do vinho do Porto, os vinhedos do Douro produzem também deliciosos vinhos de qualidade brancos e tintos.

Por https://www.portugal-live.net/

Créditos – https://boacamaboamesa.expresso.pt/ – Ana Fonseca

Gastronomia

A região do Douro é conhecida pelas suas maravilhosas paisagens naturais e, claro, pelo Vinho do Porto que já se tornou um ícone mundial para enólogos, turistas e gentes da região. Mas nem só de vistas arrebatadoras e vinhos saborosos se faz o Douro: a gastronomia duriense é das melhores do país, com pratos deliciosos a que dificilmente se consegue resistir.

Por isso mesmo, se anda a pensar fazer umas férias no Douro, embarque num magnífico cruzeiro e navegue pelas águas plácidas deste famoso Rio até parar num dos muitos restaurantes da região para almoçar. Ou, se preferir, vá de carro, descobrindo restaurantes locais enquanto conduz pelas inesquecíveis estradas durienses com paisagens fantásticas. Por https://www.douro.com.pt/

José Moreira - Photography
José Moreira – Photography

Porto Património Mundial

O Centro Histórico do Porto tornou-se “um valor universal excecional”, assumindo uma importância cultural tão extraordinária que transcende as fronteiras nacionais e se reveste do mesmo carácter inestimável para as gerações atuais e futuras de toda a Humanidade.

Estação de São Bento – Porto

Uma região tão rica como o Douro, não estaria completa sem a sua vertente cultural, que vem, por um lado, registar de forma indelével a história do Douro, mas também partilhar as memórias das pessoas que moldaram esta terra e fizeram dela Património Mundial. Atualmente, o Douro conta com uma variada oferta de exposições, entre os Museus do Douro, de Lamego e do Côa.
Para os visitantes mais aventureiros, existem passeios em todo o terreno ou canoagem, mas também programas mais radicais, como descida de quedas de rio. Para um dia diversificado, o Naturwaterpark, perto de Sabrosa, é um parque aquático de diversões no Douro com atividades em plena natureza para adultos e crianças.
À noite, tem ainda a possibilidade de apreciar um agradável jantar à beira rio ou um espetáculo cultural numa das várias salas de eventos da região.

OS CAMINHOS DE JACINTO

with Sem comentários

Terras de Egas Moniz, Serpa Pinto e Eça de Queiroz, nas Paisagens Milenares do “Douro Verde”

É uma evidência incontestável a importância da palavra-chave “Douro” como uma verdadeira marca, referente à região abrangente de todo o Vale do Douro. Mas são também muito evidentes as especificidades únicas desta sub-região outrora designada de Douro intermédio ou de Ribadouro, da qual foi “Senhor” Egas Moniz.

Os concelhos de Resende, Cinfães e Baião unidos pelo Douro e pelos caminhos romanos e de Santiago, constituem uma riqueza natural e cultural marcada pela ocupação humana do território, que desce, em “unidades de paisagem”, desde as alturas dolménicas, passando pelas marcas do romano ao românico, até à senhorialização das terras e à influência do caminho de ferro, nos tempos modernos.

 

Cais – Sede da ADR “Os Caminhos de Jacinto” (exterior)

A riqueza e a diversidade do património natural e cultural podem ser simbolizadas por algumas figuras incontornáveis desta região que se destacaram não só em Portugal como noutras partes do mundo. São elas Egas Moniz, o “Aio Fundador”, Serpa Pinto, que atravessou a África defendendo os interesses portugueses e trouxe contributos inestimáveis à botânica e à zoologia, até ao grande romancista, Eça de Queiroz que celebrou, como ninguém, a beleza única destas paisagens.

O Projeto “Os caminhos de Jacinto”, pretende constituir uma base unificadora das potencialidades comuns e complementares do património de cada um destes três concelhos, numa estratégia de eficiência colectiva ancorando outros projectos e iniciativas, em rede, gerando desenvolvimento económico, social e cultural para o que o território tem de melhor: as suas gentes.

Prémios AHRESP

with Sem comentários

O douroworldheritage.com está nomeado para Melhor Projecto Digital nos prémios AHRESP 2019

É o 5º ano consecutivo em que a AHRESP —  Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal — distingue os melhores do ano nos sectores da hotelaria, restauração e promoção turística nacional. 

A categoria para qual estamos nomeados pretende premiar “o site ou projecto digital que mais contributo teve para a divulgação e promoção da hotelaria, restauração, e similares de Portugal”. 

A gala final da edição de 2019, onde serão conhecidos os vencedores, terá lugar dia 24 de maio, no Pavilhão Carlos Lopes, em Lisboa, com apresentação de Catarina Furtado. 

No ano em que se registaram o maior número de candidaturas de sempre e se viu reforçado o Comité de Júri dos Prémios AHRESP, a nossa Associação elegeu a Alimentaria&Horexpo como palco do anúncio oficial dos finalistas nas 9 categorias sujeitas à votação do grande público.

Queremos agradecer o vosso contributo no enriquecimento deste recurso digital que, para além de promover a região do Douro, divulga também o melhor de Portugal.O douroworldheritage.com é um portal que tem como objectivo central, a divulgação da região do Douro.

Este é o trabalho de quase cinco anos. Gostaríamos de contar com vosso apoio, para que possamos continuar a desenvolvê-lo.

Entendemos que o douroworldheritage.com é um excelente meio de aproveitamento de sinergias e dinamização da economia, como recurso de promoção e divulgação que está ao vosso dispor.

A Associação de Hotelaria e Restauração e Similares de Portugal nomeou para a votação final dos “Prémios AHRESP 2019”, o douroworldheritage.com na categoria de Projeto ou Site Digital.

Obrigado a todos pelo sucesso já alcançado.

Os nomeados para os prémios AHRESP 2019 são:

SITE OU PROJECTO DIGITAL

Amass. Cook.

Douro World Heritage

Lisboa Secreta

Sapo Viagens

Viaje Comigo

ENTIDADE REGIONAL DE TURISMO

Turismo do Porto e Norte de Portugal

Turismo do Centro de Portugal

Turismo da Região de Lisboa

Turismo do Alentejo e do Ribatejo

Região de Turismo do Algarve

Turismo dos Açores

Turismo da Madeira

CONTRIBUTO PARA A DEFESA DA GASTRONOMIA
COMO PATRIMÓNIO NACIONAL

Feira de Fumeiros de Vinhais

Festival Gastronómico do Atlântico

Mercearia Gadanha

Pedro dos Leitões

Somos o que Comemos

PROJECTO DE SOLIDARIEDADE SOCIAL

Cozinha Popular da Mouraria

Hands to Discover

Heróis da Fruta

TUR4all

CONCEITO / MARCA

Epur

Gleba

JNcQUOI

Restaurante Alma

Restaurante Sala de Corte

PRODUTO OU SERVIÇO DO ANO /
PARCEIRO DO ANO

Acessible Portugal

Hands to Discover

Live Eletric Tours

Real Gin

RoomRacoon

PROGRAMA DE DIVULGAÇÃO DE OFERTA TURÍSTICA

A Minha é Melhor que a Tua da TVI

Evasões

Fugas

Se7e Visão

SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL

Chão do Rio

ECO by Pingo Doce

Hotel Santa Marta

Quinta do Martelo

Vila Galé Internacional

JOVEM EMPRESÁRIO / EMPREENDEDOR DO ANO

António Loureiro

Filipa Gomes

João Batalha

João Rodrigues

Miguel Laffan

Favaios eleito um dos melhores locais para degustar vinhos no Douro

with Sem comentários
Por Leandro Coutinho – 28/12/2018

A Adega Cooperativa de Favaios foi distinguida internacionalmente, na quarta-feira, como um dos melhores locais para se degustar vinho, nas proximidades do Douro.

A distinção foi feita pelo jornal britânico The Telegraph, que elegeu oito dos melhores locais para apreciar este nectar e na qual incorporou Cooperativa de Favaios, no concelho de Alijó.

Para a seleção contribuiram todas as características ímpares do território, como a proximidade do Rio Douro, as belas encostas repletas de vinhas, as paisagens inigualáveis e a excelência do vinho. 

Na sua página, é possível ler-se:

“Slightly off the beaten track, Adega Cooperativa de Favaios  is situated in the quaint village of Favaios. Delve into the history of the village and the harvesting of its Favaios Moscatel wines or book a custom-arranged tour from harvest programmes to cheese and wine tastings. Expect to sample Porto Monge, Casa Velha, Adega de Favaios Red and Encostas de Favaios to name but a few”.

Ou seja: A Adega Cooperativa de Favaios está situada na aldeia de Favaios, fora dos percursos turisticos. Pode emarenhar-se na história da aldeia ou na vindima do Moscatel, bem como reservar um passeio personalizado que inclua programas visitas às vinhas, provas de queijos ou vinhos. Conte experimentar o Porto Monge, Casa Velha, Adega de Favaios tinto e Encostas de Favaios, só para nomear alguns”. 

Desta lista fazem parte ainda: Quinta do Bomfim, no Pinhão, Quinta das Carvalhas, Quinta do Crasto, Quinta do Panascal, Quinta Nova, Quinta do Seixo e Quinta do Vallado.

Essencia do Vinho – Porto  –  Regressa em Fevereiro de 2019

Essencia do Vinho – Porto – Regressa em Fevereiro de 2019

with Sem comentários

Mais de 20.000 pessoas, cerca de 35% das quais estrangeiras, visitaram a 15ª edição do ESSÊNCIA DO VINHO – PORTO, evento que nos últimos quatro dias reuniu – literalmente – o mundo do vinho no Palácio da Bolsa.

O programa do evento apresentou novos lançamentos e rótulos icónicos, tendo ainda registado um invejável programa de provas comentadas, que incluiu a abertura de garrafas de vinhos portugueses raros (incluindo vinhos do Porto do século XIX) e de vinhos franceses, italianos, australianos e brasileiros absolutamente exclusivos – alguns dos quais de produções limitadas, inferiores a um milhar de unidades.

“Quinze anos depois da primeira concretização de um sonho, hoje a realidade não deixa margem de contestação: estamos perante o mais importante evento de vinho realizado em Portugal – o mais visitado, o mais mediático, aquele que acolhe um maior número de jornalistas e líderes de opinião internacionais. É a montra privilegiada do vinho no nosso país, é a casa das grandes empresas e dos produtores de mínima dimensão, é o evento que reúne a maior diversidade de projetos. O público tem percebido isso e, edição após edição, comparece em elevado número, o que nos obriga a ser cada vez mais exigentes com um conjunto de detalhes que ajudam a marcar a diferença”, refere Nuno Pires, diretor da Essência do Vinho e da Revista de Vinhos.

“O Essência do Vinho há muito que extravasou as fronteiras do Palácio da Bolsa, o cenário singular que o acolhe. Se na semana em que decorre mexe com a hotelaria e a restauração do Grande Porto, não menos verdade é que anualmente marca o calendário europeu das iniciativas relevantes do setor, tendo alcançado um prestígio internacional que muito nos orgulha. Esse tem sido um trabalho que temos reforçado ao longo dos últimos anos, sobretudo através de um forte investimento que permite a vinda ao país de especialistas de outras nacionalidades. Sem financiamentos externos e com muito critério, privilegiando wine experts que acrescentem algo sobre o vinho português nos respetivos mercados de origem”, sublinha Nuno Botelho, igualmente diretor da Essência do Vinho.

No total, 50 especialistas de 13 nacionalidades (Brasil, Canadá, China, Dinamarca, Espanha, EUA, Finlândia, Itália, Polónia, Portugal, Reino Unido, Rússia, Suíça) foram convidados pela organização e participaram num conjunto de atividades específicas, que incluiu a eleição do “TOP 10 Vinhos Portugueses”.

Entre representantes de Media internacionais e portugueses, Essência do Vinho – Porto credenciou quase 300 jornalistas e, no online, as publicações nas redes sociais, em páginas oficiais alusivas ao evento, obtiveram um alcance superior a 4,8 milhões de pessoas, o que representa um aumento de mais de 300% face ao ano anterior (1,2 milhões).

ESSÊNCIA DO VINHO – PORTO é uma organização da Essência do Vinho e da Associação Comercial do Porto, com o apoio da Revista de Vinhos. A 16ª edição será realizada de 21 a 24 de fevereiro de 2019 no local de sempre, o Palácio da Bolsa.

Antes, a Essência do Vinho e a Revista de Vinhos promovem nova edição do ENCONTRO COM VINHOS e ENCONTRO COM SABORES, de 2 a 5 de novembro, no Centro de Congressos de Lisboa, com a particularidade de dois dias serem exclusivamente dedicados a profissionais do setor.

Redação | Revista de Vinhos

Ozono pode danificar vinhas do Douro

with Sem comentários

Ozono pode danificar vinhas do Douro

Um grupo de investigadores da Universidade de Aveiro (UA) concluiu que o ozono pode estar a provocar danos nas vinhas da região demarcada do Douro, diminuindo o seu rendimento e qualidade, revelou hoje fonte académica.

Este é o principal resultado do projecto “Dourozone” que avaliou, pela primeira vez, o efeito da exposição da vinha duriense ao ozono, em clima presente e em cenários de alteração climática. (mais…)

1 2